10 Pratos Hardcore!

Estudando um pouco sobre cultura e gastronomia, você acaba viajando para águas mais profundas, profundas e perigosas, nem tudo que envolve comida é legal, ou bonito. E o que pode ser legal e bonito aqui no Ocidente, pode ser nojento e bizarro no Oriente (tem gente que acha feijoada uma comida ruim e suja) , assim como podemos achar algumas comidas orientais nojentas e bizarras.

Tipo, a vaca é sagrada na Índia, e aqui ela é ”sagrada” nos churrascos. Chineses comem carne de cachorro, e aqui a gente ‘‘brinca com a comida dos chineses’” . E por aí vai.

Eu, por exemplo, gosto de cebola caramelizada. Pois é, eu acho gostoso.

Quando falamos de culturas que comem coisas que nunca sequer passariam pela nossa mente, temos de levar em conta, que a maioria dessas ”iguarias” foram criadas em tempos muito difíceis, aonde esses povos comeram insetos e outras coisas, por conta da guerra e da fome, e acabaram por perdurar no costume e na cultura deles.

Lá vai algumas fotinhos de pratos estranhos.

Quero dizer que tem pratos muito mais nojentos, estranhos, e bizarros, que eu resolvi não colocar aqui por respeito ao estômago dos leitores, coisas como carne de cachorro macacos e coisas assim. É mais ”pratos estranhos” do que ”pratos cruéis”. Vamos lá.

1 – Balut

É uma comida tradicional Filipina, trata-se de um ovo com um embrião de pato em formação, dizem que o cheiro não é nenhum pouco agradável, e apesar de tudo, até alguns filipinos acham o negócio nojento.

2 – Cazu Marzu.

Não, minha gente, esse aqui não é típico das Filipinas, Tailândia ou China, podem cair para trás ao saberem que é tipicamente … Italiano. Trata-se de um simples e inocente queijo de leite de cabra. Mas calma aí que o negócio fica mais louco: Para que o processo seja completo, quem faz esse queijo, o coloca para fora de casa, permitindo assim, que moscas pousem e depositem suas larvas no queijo, segundo contam, as larvas quebram a gordura e fermentam o queijo. Pra completar tudo, tem pessoas que comem o queijo junto com as larvas, e esses bichos quando perturbados podem pular até 15 cm. Imagine o show.

Várias pessoas foram intoxicadas pelo queijo, por que os vermes são super-resistentes ao ácido estomacal (além de pular, o bicho é quase imortal), por isso sua produção e venda foram proibidas por um tempo. Mas a um tempo atrás ele foi considerado um prato tradicional e agora podem vender novamente.

3 – Ovo de Mil Anos/Ovo Centenário

Pelo nome já dá pra entender o que esperar, não?

Pois é trata-se de um ovo de galinha, pato ou ganso conservado em uma mistura de amido de arroz, argila, cal, sal e cinzas por semanas ou meses, dependendo do processo de preparação, e é essa mistura que deixa o ovo com essa cor… apetitosa. Ou será que é só por que está podre, mesmo?

4 – Aranhas Fritas

Enquanto você grita feito uma menininha, ao ver esse bicho das trevas correndo pela sua sala, o povo hardcore do Camboja come os filhotes do Aragogue (gente… Harry Potter) empanados e fritos. Como eu já falei lá em cima, pratos como esse foram criados no período de fome, hoje em dia é uma iguaria e os turistas corajosos loucos experimentam.

5 – Escamole

Na foto, pode parecer um inocente risoto. Na verdade o famoso ”caviar mexicano” é feito com larvas de formigas consideradas venenosas. Servidos?

6 – Morcego á Caçarola

Prato típico na China e no Vietnã, há quem diga que a carne de morcego faz muito bem pra saúde. Dizem que a textura e o sabor lembram a carne de frango (ou seria a carne de frango que é parecida com morcego?). Alivia se souber que eles escolhem apenas os morcegos frutíferos?

7 – Vinho de Cobra

Já que estamos falando de comidas estranhas, que tal uma bebida do mesmo naipe pra acompanhar? Se tiver coragem, claro. Trata-se de uma bebida popular no Vietnã, aonde veneno de cobra é consumido até como remédio.

8 – Bacon de Baleia

O Bacon de Baleia é popular no Japão, assim como o bacon suíno é popular aqui no Brasil. Acreditem.

9 – Surströmming

Trata-se de um peixe fermentado, pode parecer uma sardinha, assim enlatado, mas o processo de fermentação do peixe deixa ele com um cheiro que, aparentemente, deve ser bem desagradável, devido a algumas fotos de gente experimentando o negócio. Pois é, a reação das pessoas não podem sequer ser descritas aqui. Pra vocês terem uma noção do perigo, é altamente recomendável que os corajosos abram a lata e comam o Surströmming, fora de casa. De preferência a uma distância segura. (é tipo uma buchada de bode)

10 – Sannakji

Na Coreia, há um prato mais do que estranho: trata-se de partes de um polvo vivo, os tentáculos são servidos ainda se mexendo, imaginem tentar comer um negócio que não para de se mexer, enquanto é mastigado.

Depois disso, vocês já não devem estar com tanta fome, não?

O que acharam?

Haidy.

10 Restaurantes Que Devem Entrar Em Seu Roteiro

Hoje trago a vocês um post que ainda não havia entrado no perfil do Blog, maaaas eu ando estudando sobre gastronomia e tenho aprendido muitas coisas legais, que pretendo compartilhar com vocês.

E uma das coisas que eu aprendi, é que culinária não se resume a você colocar os ingredientes na panela, mistura-los e pronto. Ando pensando em culinária, como uma espécie de alquimia (não deixa de ser) E pra que nossa experiência gastronômica seja algo inesquecível, vários fatores devem ser pensados e planejados, ingredientes, pratos, combinações, sabores,aromas, cores, músicas e claro o ambiente, não apenas a arquitetura, mas a localidade também pode ser um fator muito importante para que possamos saborear nosso prato e ter a sensação de que ele ainda é mais delicioso do que realmente é.

A hora da refeição é algo que deve ser apreciado, principalmente se você está viajando, acho que não há um lugar no mundo em que não exista ao menos um ponto turístico que envolva culinária e gastronomia, um ambiente legal com paisagens fantásticas pode tornar o simples ato de comer em uma experiência única e impressionante.

Então aí vai uma seleção de fotos de restaurantes que proporcionam essa incrível experiência aos turistas.

Quero ressaltar que, as fotos a seguir são obras de algumas pesquisas que fiz na internet. (não gente, eu ainda não viajei a esses lugares, ainda… por que um dia, com certeza, eu irei #oremos) Tudo aqui foi baseado em fotos e informações que obtive através de pesquisa, não há nenhum ranking oficial dizendo que esses são os melhores restaurantes do mundo, alguns desses aparecem em alguns rankings, sim por serem famosos por sua excelência, mas não estão em uma ordem específica ou algo do gênero, essa é apenas a minha opinião. Esses restaurantes em particular, me chamaram muito a atenção pela arquitetura, localidade e história por trás deles. Espero que se divirtam.

Caldera – Santorini, Grécia

Escolhi este, por que em primeiro lugar acho que Santorini é um dos lugares mais tradicionais na Grécia e desde que me entendo por gente, a Grécia me desperta curiosidade, e sempre esteve em minhas listas de viagem.

Hotel Edelweiss – Murren, Suíça

Eu simplesmente preciso ver esse lugar com meus próprios olhos.

Soho House – California USA

Acho que eu só visitaria os States por causa desse restaurante, eu achei lindo.

Crater Lodge – Tanzania

Tão simples, e tão lindo … Acho que tomar café da manhã aí já vale qualquer coisa.

Dasheene – Santa Lúcia

O Dasheene. Além de proporcionar uma vista deslumbrante, tem como diferencial a cozinha sustentável, utilizando ingredientes nativos frescos de agricultores da ilha e plantações vizinhas.

The Grotto – Tailandia

Tudo bem que eu ainda tenho um pouco de receio quanto á culinária tailandesa, mas… olha isso, olha essa visão, dá pra comer até barata pensando que é batata frita com essa paisagem.

Le Louis XV – Monte Carlo

Eu amei a arquitetura, parece que você está entrando em algum filme de época.

Joben Bistro – Cluj-Napoca, Roménia

Me lembra um pub em algum universo steampunk. É o que eu mais quero conhecer.

Le Pain Français – Suécia

Eu não consigo dizer se eu gosto ou não gosto, com certeza, só sei que essa decoração e cores me despertou uma curiosidade enorme.

Chocolate Bar em Opole – Polônia

É chocolate, não precisa falar mais nada. Parece uma casa feita de sorvete e Waffle.

Bem, é isso, de qual desses, vocês gostaram mais?

Haidy

Festival Gastronômico Internacional de Campinas: América Latina!

Faz tempo né? Eu tenho que tomar vergonha na cara e deixar o Blog sempre atualizado, nem sei há quanto tempo não atualizo o Dias De Eva. Pra quem também curte textos e cultura pop, deixo aqui o link do meu outro blog, o Miss Thing, lá é mais atualizado que aqui, ultimamente leio/assisto filmes/ escrevo, mais do que ando cozinhando, sim é algo triste, visto que nos últimos tempos, a culinária se tornou um refúgio para mim.
catsMaaas, estoy aqui, para falar sobre um evento muuuito legal, e muito gostoso (literalmente) que se iniciou hoje, e vai até o dia 16 de agosto. Me refiro a 7a edição do Festival Gastronômico Internacional de Campinas e Região, o tema da vez é a culinária da América Latina, que é vasta e muito rica, abordando diferentes culturas (a vá) que aborda Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Equador, El Salvador, Guatemala, Haiti, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, República Dominicana, Uruguai e Venezuela. Ufa. Imagina como o cardápio vai ser variado?
São 36 restaurantes participantes que oferecerão um cardápio completo, com direito a entrada, prato principal e sobremesa a preço promocional de R$ 54,90.
A abertura será mais uma vez com o “Chefs na Praça”, realizado na praça Carlos Gomes, no Centro da cidade, que chega à terceira edição em 2015. O evento é promovido pelo Campinas e Região Convention & Visitors Bureau (CRCVB), com apoio da Prefeitura de Campinas.
bonelli_festivalgastronomic

Foto : divulgação site campinas.com

De acordo com as informações retiradas do Campinas.com.br, o festival contará com uma ampla agenda de eventos paralelos, como Fórum Gastronômico, “Chefs para Chefs” e “Cozinha Show”. Também haverá atrações variadas para o “Chefs na Praça”, como a oitava edição do “Campinas Café Festival”, e a presença inédita de um quiosque do “Encontro de Vinhos”, que estará na Praça Carlos Gomes difundindo a cultura do vinho e sugerindo harmonizações da bebida com os pratos preparados pelos chefs. Ao longo do festival, haverá outras novidades que ainda serão divulgadas.
A cada ano que passa, esse festival se torna mais amplo, mais organizado e mais restaurantes entram no circuito do festival, aumentando as opções de cardápio e ambiente. É um evento importante para a cidade de Campinas, e é uma experiência ótima. (Tudo o que tem comida e cultura é ótimo).
B9mbPFctVU627kOEclB_OCWToOhjtyeqAENsqTuJy3sTq8cNpAZwekhGxKYyp9mooBu5XeD3KSqL8tO9nTUvmkRecomendo! Caso você queira presenciar esse super evento, e queira mais informações, acesse o campinas.com.br, que foi uma fonte de informação super importante para mim e clique aqui, para ficar a par dos cardápios dos restaurantes que participam do festival, com local horário e tudo o mais.
Falta de informação agora não poderá ser desculpa para ficar de fora dessa, né?
Espero que tenham gostado da dica, e que possam participar.
Até mais.
Haidy.

MaiFest: Celebrando a Cultura Alemã

A 16° edição do MaiFest, ocorrerá entre os dias 23 e 24 de maio, das 10h às 22h, no Brooklin, zona sul da cidade, e trará para o público a cultura e a gastronomia alemã. Ocorrerá no quadrilátero das Ruas Joaquim Nabuco, Barão do Triunfo, Princesa Isabel e Bernardino de Campo, entrada franca meu povo!!

Sou suspeita para falar, por que minha família é do sul, e em sua maioria de origem alemã, o que mais gostamos é de carne e chopp, coisas que não vai faltar no MaiFest.

Um pouquinho mais sobre a Gastronomia Alemã:

A cozinha alemã é uma culinária que não admite desperdício. Ao longo dos tempos a Alemanha passou por situações difíceis e climas rigorosos. Assim todos os alimentos precisavam ser aproveitados e conservados da melhor forma. Salsichas, queijo, geléias e embutidos em geral são frutos deste desenvolvimento. Conforme a estação a culinária alemã se completa com vinhos leves, em geral os brancos e cervejas.

Outras características forte da culinária alemã são os molhos e cozidos temperados com raiz forte, mostarda e outros temperos típicos alemães.

Carne suína e batata são produtos do dia-a-dia. Existe uma enorme variedade de receitas destes produtos. Cozidos, assados, gratinados, fritos, … muitas vezes a carne é misturada ou servida com frutas, que também é uma característica típica dos alemãs: misturar doce com salgado! Frutas típicas são as maçãs, ameixas, cerejas, morangos e peras.

Muitos nem sabem, mas a Alemanha é o segundo pais mais estrelado no mundo, depois da França.

A culinária da Alemanha varia de região para região. As regiões do sul da Alemanha (Suábia, Baviera, etc.), por exemplo, compartilham uma cultura culinária com a Suíça e com a Áustria. A carne de porco, bovina e de aves são as principais variedades de carne consumida na Alemanha, sendo a carne de porco a mais popular.1 Em todas as regiões, a carne é muitas vezes comida em forma de salsicha. Mais de 1500 tipos de salsicha são produzidos na Alemanha. Alimentos orgânicos ganharam uma quota de mercado de cerca de 3,0%, e deverão aumentar ainda mais.2

Um ditado popular alemão tem o significado: “Tomo o café-da-manhã como um imperador, almoço como um rei e janto como um mendigo”. O café-da-manhã é geralmente uma seleção de pães e baguetes com geléia e mel ou carnes frias e queijo, por vezes acompanhado de um ovo cozido. Cereais ou granola com leite ou iogurte é menos comum, mas generalizado.3 Mais de 300 tipos de pão são vendidos em lojas de panificação em todo o país.

Apesar de vinho estar se tornando mais popular em muitas partes da Alemanha, a bebida alcoólica nacional é a cerveja. O consumo de cerveja alemã por pessoa está em declínio, mas, em 116 litros por ano, ele ainda está entre os mais altos do mundo.7 As variedades de cerveja incluem Alt, Bock, Dunkel, Kölsch, Lager, Malzbier, Pils e Weizenbier. Entre os 18 países ocidentais pesquisados, a Alemanha foi classificada na 14ª posição na lista de consumo per capita de refrigerantes em geral, enquanto o país ocupa o terceiro lugar no consumo de sucos de frutas.8 Além disso, a água mineral gaseificada e Schorle (esse misturado com suco de frutas) são muito populares na Alemanha.

(Fontes: Wikipédia e Site Heikograbolle)

Se você mora na região, não deixe de ir no MaiFest, acho que eu não preciso mais dar motivos pra você ir no evento. (hehehe)

Até a próxima.

Haidy

Tortinhas Caseiras do McDonald’s

Dias de Eva

Elas são gostosas, quentinhas e super populares (principalmente no frio), consiste em um doce com recheio caramelado, tanto de maçã, quanto de banana, que são os mais comuns, o Mcdonad’s também comercializou a tortinha de morango com chocolate, que faz anos que não como #choremos.

A coisa mais difícil da receita é esticar a massa, de resto desde os ingredientes, até fazer o recheio é super fácil.

Vamos lá:

Recheio:
– 3 maçãs Fuji cortadas ou bananas nanica cortadas em quadrinhos
– 1 xícara de açúcar
– 4 xícaras de água
– Suco de ½ limão
– 1 colher de chá de canela em pó
– 4 colheres de sopa de amido de milho
– 1 xícara de água para dissolver o amido

Massa:
– De 700g a 1kg de farinha de trigo
– 1/2 xícara de óleo
– 1 colher de sopa de sal
– 1 ovo
– 1/2 dose de pinga
– 1 colher de chá de vinagre
– 250 ml de água

Preparo do Recheio:

Descasque a maçã ou bananas e as pique em quadradinhos

Logo ao descascar recomendo que já misture o suco de limão que além de dar sabor, impede que as frutas escureçam. Leve ao fogo com a água canela e o amido dissolvido, misture enquanto forma o caramelo. Deixe em fogo baixo até engrossar.

Massa :

É basicamente uma massa simples de pastel, misture os ingredientes até formar a massa, e vá acrescentando a farinha até ela perder aquela aparência ”grudenta” estique a massa com o auxílio de um rolo até ela ficar fina, corte- a em quadrados, recheie e feche com o auxílio de um garfo.

Está pronto para fritar!

Rendimento : 10 unidades.

Observações : Como dito acima, o suco de limão impede que as frutas escureçam.

A pinga perde sua propriedade alcoólica durante a fritura, ela serve para dar crocancia á massa.

É isso, espero que tenham gostado. Até mais.

Mais fotos desta receita, você encontra na page Dias De Eva, no Facebook.

Gostou? Tem dúvidas? comente aqui.

Receita de Fim-De-Semana: Panqueca Ao Vinho

Minha Panqueca

Minha Panqueca

Eeeee… mais uma gordice do Snack!! Pra vocês! E como sempre, com uma receita econômica, o único ingrediente um pouco mais caro é o vinho, e nem tanto assim, afinal o vinho tinto, varia de preço, dos baratinhos de R$ 10,00 ou R$ 20,00 até os mais caros.

Vamos á receita da massa, ela é suuper fácil e econômica:

Panqueca D’Água.

  • 1 copo americano de água
  • 1 copo americano de farinha de trigo
  • 1 ovo
  • Sal a gosto

(aí como aqui em casa todo o mundo é bom de garfo, eu triplico a receita, por que as medidas acima rendem 5 porções)

Minhas panquecas, elas são bem fáceis de fazer.

Minhas panquecas, elas são bem fáceis de fazer.

 

Recheio:

  • ½ kg de Carne Moída
  • 3 dentes de alho
  • 1 cebola picada
  • Suco de um limão
  • Raspinhas de limão
  • Sal a gosto
  • Mostarda a gosto
  • Uma colher de azeite extravirgem
  • Uma dose de vinho tinto suave
  • Um tablete de caldo de carne

Preparo: Coloque todos os ingrediente,exceto o vinho, e leve ao fogo acrescente água para cozinhar, quando a carne estiver quase seca, acrescente a dose de vinho (o equivalente a meia xícara de chá).

Recheio de panqueca ao vinho

Molho:

  • Dois tomates bem picados
  • Molho de tomate pronto
  • Duas doses de Vinho tinto suave
  • 3 colheres de maisena dissolvida em água
  • Coentro a gosto bem picado
  • 3 colheres de Coloral
  • Queijo ralado para salpicar.
  • Depois de montado, colocar por 10 minutos no forno.
alguém estava tentando sequestrar as panquecas antes de eu terminar de tirara foto.

alguém estava tentando sequestrar as panquecas antes de eu terminar de tirara foto.

 

E pronto! Bom apetite!

Espero que tenham gostado

e se leu até aqui, comente! O balãozinho do coment é lindo.

Haidy.

#Prestenção: Blogueira Iniciante

Eu to Zen Hoje. Só Hoje.

Eu to Zen Hoje. Só Hoje.

#Jovens, o blog Dias De Eva não tem muito tempo que está no ar, e tem menos tempo ainda que eu posto, por tanto esquece esse negócio de ”como ter um blog de sucesso” ainda não é tempo (ainda…muahahahahahahah)

Quando se faz um blog, principalmente as mais novas, as vezes você pode ficar um pouco perdida, afinal, parece, logo de início que o negócio não dará certo, por que as blogueiras famosas têm câmeras boas, uma iluminação boa entre tantos outros itens que você definitivamente não tem.

Mas calma aí colega, você não precisa entrar em desespero, logo no início a gente quase não tem nada mesmo. Mas vamos por partes.

Primeiro: Você quer realmente isso pra você? Está fazendo por que gosta? Ou por que virou modinha?

Se você está fazendo por modinha volte 6 casas no tabuleiro, e pegue o seu cérebro de volta por que não é assim que a coisa funciona. A blogosfera não é fácil, já vou logo avisando, se você quer fazer sucesso você precisa primeiramente de 5 qualidades essenciais:

Qualidades básicas de uma BlogueiraO caminho não é fácil, mesmo que você tenha essas 5 qualidades, e paciência é fundamental, ninguém, absolutamente ninguém que se encontra no hall das blogueiras famosas está aí a menos de 2 anos, algumas tiveram sorte e ficaram conhecidas em menos de 4, porém a maioria ficou fazendo seu trabalho e perseverando por mais de 4 ou 5 anos para se tornarem conhecidas.

Se você resolveu fazer um blog, está no início e já está um pouco chateada por que não está tendo tantas visualizações, pare e analise: O meu blog está bom? Está organizado? Meus posts são de qualidade? O primeiro passo, nesse caso é não sair reclamando e culpando os outros, como já vi muitas pessoas fazerem principalmente em grupos de divulgação, afinal, ninguém é culpado pela qualidade do seu trabalho, a web é muito grande, se o seu trabalho é bom alguém vai gostar dele, então não adianta culpar os grupos e os meios de divulgação, pare e pense: Você está fazendo algo errado.

Jovens ninjas da blogosfera…o que quero dizer é que todos precisam começar de baixo, eu pessoalmente acho uma temeridade você sair investindo em um blog logo de início, afinal blog não é algo que é garanti de retorno. É correto investir? Sim, na verdade é essencial, mas faça os investimentos aos poucos, eu acho que o investimento inicial mais importante é o domínio do blog, a hospedagem, e o layout personalizado, esse último sendo o mais caro.

O Blog precisa de um atrativo visual, sim, por que como diria a sua ou a minha mãe, a primeira impressão é a que conta, eu pessoalmente não curto layouts muito chamativos com estrelinhas piscando e outras coisas estranhas, que demoram um ano pra carregar. Acho que um Layout deve ser bonito, organizado e simples, e não haverá erro (eu preciso investir em um).

prestenção 2Já vi algumas meninas reclamando que não são famosas, por que não tem um quarto bonito (cenário) ou um cabelo comprido (what?) ou uma câmera profissional.

Gente…cenário é uma coisa simples, se você for expert na gambiarra você pode montar um, sem investimentos excessivos. Não entendo o que o comprimento do cabelo tem a ver com isso. E câmeras digitais simples com uma boa resolução podem tirar fotos realmente muito boas, basta treino e criatividade. Até celular pode tirar fotos legais.

Uma dica adicional, não adianta você comprar uma câmera mega ultra power super blaster profissional se você no mínimo não sabe mexer nela, as fotos vão sair uma droga, uma droga de alta resolução, mas que não deixa de ser uma droga.

Pesquise, afinal tudo nesse nosso mundo é baseado em pesquisa, pra fazer resenhas, pra redigir sua opinião, para falar de filmes, de livros, qualquer coisa, até pra falar sobre receita de misto quente você precisa de pesquisa, precisa gastar tempo com edição de imagem, com revisões do seu texto e tudo mais, isso é o mínimo para que você tenha posts atrativos e de qualidade.

Sou uma blogueira iniciante também, me considero assim, por que sinto que eu tenho muito o que aprender ainda.

Você está pronta pra isso? Pronta para dedicar seu tempo e paciência? Dedicar tempos para estudo de diversos assuntos que você nem imaginaria, apenas para postar algo atrativo e necessário para leitores em potencial?

Se sim…bora blogar, e bem-vinda a esse mundo.

Haidy.

E você? O que acha?